Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

back-flash
No comando: BACK FLASH KIIS

Das 07:00 as 08:00

programa-vitamina
No comando: VITAMINA

Das 08:00 as 11:00

morning-kiis
No comando: MORNING KIIS

Das 08:00 as 12:00

prog-plugado
No comando: PLUGADO

Das 09:00 as 12:00

non-stop
No comando: NON STOP

Das 11:00 as 13:00

non-stop
No comando: NON STOP

Das 12:00 as 14:00

non-stop
No comando: NON STOP

Das 12:00 as 14:00

logo-programacao
No comando: DANCE PLAY

Das 13:00 as 14:00

youtube-hits
No comando: YOUTUBE HITS

Das 14:00 as 16:00

pop-hits-cover
No comando: POP HITS

Das 14:00 as 16:00

auto-dj1
No comando: Programação Normal

Das 14:00 as 17:00

rock-na-veia
No comando: ROCK NA VEIA

Das 16:00 as 18:00

auto-dj1
No comando: Programação Normal

Das 16:00 as 20:00

back-flash
No comando: BACK FLASH KIIS

Das 17:00 as 18:00

non-stop
No comando: NON STOP

Das 18:00 as 20:00

non-stop
No comando: NON STOP

Das 18:00 as 20:00

logo-programacao
No comando: DANCE PLAY

Das 20:00 as 21:00

dancemix
No comando: DANCE MIX

Das 20:00 as 22:00

auto-dj1
No comando: Programação Normal

Das 20:00 as 23:59

auto-dj1
No comando: Programação Normal

Das 21:00 as 23:59

non-stop
No comando: NON STOP

Das 22:00 as 23:59

Coritiba perde para o Corinthians e segue na vice-lanterna do Brasileirão

Compartilhe:
coxa-11-825x550

Coritiba jogou como nunca e o resultado negativo foi aquele mesmo já visto em outras jornadas. O time coxa-branca encarou de igual para igual o Corinthians, mas em duas falhas defensivas, acabou perdendo para o Timão por 3×1, na noite desta quarta-feira (11), na Arena Corinthians, em São Paulo, permaneceu com 28 pontos e segue na vice-lanterna do Brasileirão. Afundado na zona de rebaixamento, o Coxa, já há oito rodadas sem vencer, vai tentar reagir diante do Grêmio, neste domingo (15), às 19h, no Couto Pereira.

Com um meio de campo bem reforçado e com a utilização do volante Edinho depois de muito tempo, o Coritiba deu mostras, nos minutos iniciais, que a estratégia daria certo. O Verdão ensaiou uma pressão e, aos 2 minutos, Matheus Galdezani quase marcou. O Corinthians, líder do Brasileirão, precisou de apenas uma chance para abrir o placar. Aos 9, mesmo com um time recheado de volantes, Jô recebeu no meio do sistema defensivo alviverde e bateu na saída de Wilson.

 A partir daí, o Corinthians passou a jogar com tranqüilidade e até a administrar a vantagem que tinha no placar. Mesmo com mais posse de bola, o Coritiba não tinha poder de criação e não conseguia criar chances para empatar a partida. Já o Timão, bem postado na defesa, passou a ter mais espaços e conseguia levar perigo nos contra-ataques.

Aos poucos, o Coritiba conseguiu encontrar a receita para buscar o empate. A marcação do Corinthians ficou mais frouxa e o time coxa-branca passou a levar perigo pelos lados do campo. Aos 31, Carleto cobrou escanteio, Cléber Reis cabeceou livre e Cássio fez grande defesa. Depois, foi a vez de Alan Santos cabecear, mas a trave impediu o empate do Verdão.

Bem posicionado em campo e selecionando bem os ataques, o Coritiba chegou perto do empate aos 38 minutos. Tiago Real cruzou, Matheus Gadelzani escorou e Henrique Almeida bateu em cima de Cássio. Só que um minuto depois não teve jeito. Em outra boa cobrança de escanteio de Carleto, Henrique Almeida subiu livre e empatou a partida ainda antes do intervalo.

A missão do Coritiba para o segundo tempo era manter o bom nível de atuação apresentado nos 15 últimos minutos da etapa inicial. Mais do que isso, diante da postura mais ofensiva do Corinthians, o time coxa-branca precisava manter a boa postura defensiva. A virada poderia ter vindo logo aos 5 minutos. William Matheus, que entrou na vaga de Carleto, machucado, cruzou e Tiago Real, livre, chutou no canto e Cássio fez grande defesa.

O Timão respondeu na sequência, mas depois do cruzamento de Léo Príncipe, Jô não chegou para completar para o gol. O time coxa-branca, diante da postura mais ofensiva do Corinthians, tinha os contra-ataques à sua disposição. Depois da roubada de bola de Edinho, Henrique Almeida, de longe, arriscou e quase surpreendeu Cássio.

O Corinthians aumentou seu poder de fogo depois da entrada de Clayson na vaga de Maycon. O Timão foi com tudo para cima do Coritiba em busca do segundo gol. Aos 17, o avante corintiano recebeu na área, chutou e a bola saiu por pouco. Na sequência, depois do cruzamento da direita, Clayson cabeceou livre e Wilson fez seu primeiro milagre no jogo.

Com a postura mais agressiva do time paulista, o Coritiba tinha muitos espaços, mas não conseguia ser eficiente para aproveitar e tentar a virada. Assim, as melhores chances continuaram sendo do Corinthians. Aos 27, Marquinhos Gabriel arriscou de fora da área e a bola acertou a trave de Wilson.

O Coritiba recuou demais, atraiu o Corinthians para o seu campo e o líder do Brasileirão conseguiu o segundo gol. Aos 33 minutos, em uma falha coletiva do sistema defensivo alviverde, Jô recuperou a bola, Léo Príncipe cruzou e Clayson, livre, tocou na saída de Wilson e recolocou o Timão em vantagem.

Logo depois de tomar o gol, o Coritiba abandonou a defesa e o técnico Marcelo Oliveira apostou nas entradas de Yan Sasse e Neto Berola. Aos 42, Rildo chegou a marcar, mas em um lance bastante polêmico, a arbitragem assinalou impedimento e anulou o gol. O castigo veio um minuto depois. Rodriguinho chutou de fora, acertou a trave e Clayson, nome do jogo, aproveitou o rebote e decretou mais uma derrota do Coxa no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE A
2º Turno – 27ª Rodada

Corinthians 3×1 Coritiba

Corinthians
Cássio; Léo Príncipe, Balbuena, Paulo Henrique e Guilherme Arana; Camacho, Maycon (Clayson), Jadson (Felipe Bastos), Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Jô (Kazim).
Técnico: Fábio Carille

Coritiba
Wilson; Léo, Werley, Cléber Reis e Carleto (William Matheus); Edinho (Yan Sasse), Alan Santos, Matheus Galdezani e Tiago Real (Neto Berola); Rildo e Henrique Almeida.
Técnico: Marcelo Oliveira

Local: Arena Corinthians (São Paulo)
Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva (SE)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Fabio Pereira (TO)
Gols: Jô, 9, Henrique Almeida, 39 do 1º; Clayson, 33 e 43 do 2º
Cartões amarelos: Marquinhos Gabriel (COR); Carleto, William Matheus, Léo (CFC)
Público pagante: 36.439
Público total: 36.698
Renda: R$ 1.862.944,00

 

 

Fonte: Tribuna do Paraná

Deixe seu comentário:

PUBLICIDADE

Enquete

Vc curtiu a KIIS FM em 2017? O que precisaria melhorar?

FACEBOOK